Do total de médicos paulistas, 57,5% trabalham em consultório privado. Destes, 29,2% atendem em consultório próprio/particular; e 18,3% prestam serviço em consultório localizado em clínica ou ambulatório privado. Dez por cento trabalham tanto em consultório particular como em clínica ou ambulatório. Do total de médicos do Estado, 42,5% não trabalham em consultório privado.

trabalho-em-consultorio